Ajuda-nos a manter o Artes & contextos gratuito, livre e sem publicidade

Literatura

Ver mais
1 de novembro, 2022 0

TRAJES OTOMANOS – RETRATOS TURCOS DO SÉCULO XVIII

Por Artes & contextos

Os compradores europeus viram a sua curiosidade sobre o "turco" satisfeita pelos chamados “álbuns de trajes otomanos,” nos quais o Sultão, a sua corte, senhoras de diferentes posições, bem como...

Ensaio

Ver mais
22 de julho, 2022 0

A Cultura

Por Rui Freitas

Cultura     A Cultura pode ser observada como um todo e desta forma ser encarada como um conceito abstrato e único, válido para toda a civilização, ou como o...

Conversas

Ver mais
18 de fevereiro, 2022 0

A Pintura da multifacetada Barbara Norris

Por Rui Freitas

Barbara Norris é extremamente prolífica e raramente para. Com a mesma prontidão pinta uma natureza morta, um retrato ou uma paisagem e com igual facilidade cria uma obra abstrata ou neo-surrealista.

26 de novembro, 2021 0

Conversa com a fotógrafa Tatiana Saavedra

Por Rui Freitas

A Tatiana Saavedra licenciou-se em Cinema na Universidade Lusófona, mas confessa que, embora apaixonada pelo cinema, é na fotografia que encontra o seu elemento. Ainda assim, o mapa da sua vida evidencia diversos marcos de um rico percurso como cineasta, escritora e realizadora e foi nesta pele que venceu a...

Apoia o Artes & contextos

Considera, por favor fazer um donativo ao nosso site.
Ajuda-nos a não depender da publicidade para continuarmos a partilhar Arte mantendo o Artes & contextos livre.
Podes também ajudar-nos ao subscreveres a nossa Newsletter e acompanhando-nos no Facebook, no Twitter e no Instagram
Securise par PayPal
2 dias  0

TOCAR VIOLINO A DANÇAR OU A DANÇA DO VIOLINO
0 (0)

Por Artes & contextos

Estas três mulheres, Stirling, Nesbitt e Hanine, definiram uma nova abordagem ao mundo do violino. E não só dançando, mas também compondo a sua própria música, na qual se podem expressar mais profundamente, fazendo com que a sua arte tão se mostre ao mesmo tempo natural e precisa aos olhos dos espectadores.

29 de novembro, 2022 0

METAMORFOSI, A MÚSICA DA TRAGÉDIA DO MAR
0 (0)

Por Artes & contextos

Perante a tragédia contemporânea que vê o Mar Mediterrâneo como o maior cemitério da Europa, a Fondazione Casa dello Spirito e delle Arti, criou o projeto Metamorphosis, que, em várias prisões italianas, transforma a madeira das barcaças vinda de Lampedusa, em violinos, objetos de testemunho sagrado, do drama dos refugiados.