Categoria: Biblioteca

25 de maio, 2022 0

GAC ou o Paradoxo do Contemporâneo
0 (0)

Por Filipe Daniel

O Artista contemporâneo que age em estilo de guerrilha, isto é, em pequenos grupos, ou individualmente, não pertencente a um grande exército/grupo ideológico-estético, sem grandes afinidades pelas convenções. O GAC, pelo seu trabalho contínuo é aquele que não para de interpelar, numa urgência de comunicar e de se fazer entender, quer com perguntas, respostas, sensações ou perspetivas. Está nele subjacente a ideia que “a cultura é uma arma, quanto mais sabes, mais defendido estás”