CREATORS - JOANA CARVALHO Artes & contextos FI Microscopy JoanaCarvalho

CREATORS – JOANA CARVALHO
0 (0)

30 de setembro, 2022 0 Por Artes & contextos
  • 5Minutos de leitura
  • 1209Palavras

Joana Carvalho

 

‍‌

Este artigo foi traduzido do original por software
This article was translated from the original by software


Nome: Joana Carvalho

O que veio primeiro na sua vida, a ciência ou a arte?

 

Crescendo, as minhas paixões sempre oscilaram entre alguma forma de ciência e alguma forma de arte. Inicialmente, entre ser cirurgiã e bailarina de ballet. Mais tarde, entre a biologia e as artes visuais. Quando chegou o momento de escolher uma, escolhi a biologia. Na altura, estava obcecada com a beleza da genética. Mas nunca deixei de desenhar, e o meu tempo livre foi passado, na maior parte das vezes, preso a um pedaço de papel com uma caneta na mão. Foi só muito mais tarde que me apercebi que se pode fundir estes dois campos e transformar o que é comummente visto como uma dicotomia em algo bastante excitante em si.

 

An illustration of various healthy and unhealthy food items connected by a DNA road. Os micróbios coloridos percorrem a estrada.

Ilustração para  Diet leaves a genetic signature in a keystone member of the gut microbiota  e imagem de destaque e capa da Edição de Fevereiro 2022 de Cell Host & Microbe por Joana Carvalho

 

An illustration of colorful microbes moving through the intestine towards a light source

Ilustração para o artigo Exploring the mysterious forest within us  (2021) do Instituto Gulbenkian Ciência por Joana Carvalho

 

Que ciências se relacionam com a sua prática artística?

O meu trabalho diário retrata sobretudo assuntos relacionados com a biologia. O início da minha carreira de ilustração foi muito centrada na vida secreta das bactérias e no campo da microbiologia em geral. Agora que trabalho como freelancer, o meu trabalho alargou-se a outras áreas da biologia e da biotecnologia. Todos os dias leio e pesquiso sobre um novo tópico científico para ilustrar, e este é um dos aspetos mais excitantes do meu trabalho.

 

CREATORS - JOANA CARVALHO Artes & contextos PandemicsShapeTheWorld JoanaCarvalho

Pandemics shape the world  (2021) by Joana Carvalho

 

Que materiais usa para criar as suas obras de arte?

Dependente do âmbito do projecto, as minhas peças podem ser exclusivamente digitais, baseadas apenas em técnicas tradicionais, ou uma mistura das duas. Por vezes trabalho em peças baseadas em vetores, e para isso, utilizo Adobe Illustrator ou Affinity Designer.
Outras vezes, trabalho com meios tradicionais, e a minha escolha tende a ser tinta e a grafite em diferentes tipos de papel. A maioria das minhas peças são híbridos de técnicas tradicionais e digitais. Trabalhar na interface entre estes dois suportes é para mim o ponto ideal. Estas peças começam sempre em papel e são digitalizadas para colorir mais tarde, o que é feito em Adobe Photoshop.

 

A hand holding a pencil next to a sketch of early embryonic development

Early embryonic development  (2022) porJoana Carvalho

 

An anatomical illustration of lungs overlaid with colorful coronaviruses

Ilustração para o artigo Inside the lungs, a new hope for protection against flu damage (2021) do Instituto Gulbenkian Ciência por Joana Carvalho

 

A hand holding a pencil next to a detailed drawing of algae

Chlamydomonas reinhardtii (2022) por Joana Carvalho

 

Trabalho Artístico/Exposição de que mais se orgulha?

Cada nova peça em que trabalho é muito diferente da anterior e qualquer tentativa de comparação é uma tarefa difícil para mim. Todos eles levam uma lição de crescimento e ensinam-me a tornar-me uma profissional melhor todos os dias. Mas tenho uma peça que gosto sempre de destacar, simplesmente porque foi um ponto de viragem para mim e me faz sempre lembrar as minhas origens, tanto científicas como artísticas.

Uma das minhas primeiras ilustrações científicas foi a anatomia de um Drosophila melanogaster macho. Fi-lo quando ainda era técnica de investigação e ofereci-o ao meu supervisor na altura. Foi a primeira vez que me apercebi do poder de associar uma imagem com uma história e do tipo de complexidade que esta pode esconder. Quando a terminei, sabia que queria tornar-me ilustradora científica. As exposições ainda me parecem muito inatingíveis, mas espero que o futuro me ofereça algumas oportunidades nessa área.

 

A black and white sketch of a fruit fly (drosophila melanogaster)

Drosophila melanogaster  (2018) por Joana Carvalho

 

Uma ilustração de uma mão segurando um objecto semelhante a uma agulha, que perfura uma bolha segurando muitos micróbios coloridos. Outras bolhas cheias de micróbios flutuam à sua volta.

Disrupting microbiota diversity  (2020) by Joana Carvalho

 

Que cientistas e/ou artistas a inspiram e/ou influenciam?

O primeiro contacto que me lembro de ter com ilustração científica foi uma capa de um livro de biologia celular feito por David Goodsell. É uma representação da endocitose em aguarela que nos faz querer mergulhar num livro de mil páginas sobre biologia celular. O professor que me apresentou o livro foi o primeiro cientista que conheci que encorajou os alunos a desenhar o que iriam observar no microscópio. Eu estava a fazer SciArt antes mesmo de o saber. O desenho de células e insetos na universidade inspirou-me a descobrir o trabalho de Ernst Haeckel, Theodor Boveri, Eugene Séguy, e tantos outros. Da ilustração naturalista clássica, não demorou muito até a minha curiosidade me transportar para outros campos, e dei por mim a apaixonar-me pelo trabalho de artistas e autores como Edward Gorey, Charley Harper, e Hergé. Todas estas pessoas me inspiram, e a lista continua a expandir-se. O mundo está tão cheio de talento e criatividade, se apenas se souber onde procurar. E é realmente emocionante explorar tudo isto e deixá-lo influenciar o meu trabalho.

 

An illustrated cover for "Cell Host & Microbe". A capa mostra primatas a viajar através de um campo em direcção às montanhas ao longe.

Ilustração para Loss of α-gal during primate evolution enhanced antibody-effector function and resistance to bacterial sepsis e publicada na capa da edição de Março de 2021 de Cell Host & Microbe (2021) por Joana Carvalho

 

An illustration of four rats in an enclosed space, tiled with color squares

Deconstructing the mouse olfactory percept through an ethological atlas (2021) por Joana Carvalho

 

SciArt é um termo emergente relacionado com a combinação de arte e ciência. Como o definiria?

SciArt é um termo guarda-chuva que se vai alargando à medida que a ciência atinge cada vez mais esferas da sociedade. Para mim, ele reúne qualquer forma de arte que é utilizada para explicar o mundo físico que nos rodeia. Poesia, ilustração, fotografia, escultura, música e cinema podem ser todos usados para contar histórias de ciência. Uma coisa que considero interessante e a forma como é usada é como proporciona um sentido de comunidade. As pessoas que fazem SciArt muito provavelmente não comunicariam umas com as outras, porque vêm de realidades tão diferentes e falam línguas artísticas tão diferentes. Reunir todas estas perspetivas é muito positivo e cria um ambiente rico para a inovação na forma como a ciência é comunicada. Anseio por ver o que o futuro reserva para a comunidade SciArt.

 

 

Para mais por Joana Carvalho, visite-a website, Instagram, Twitter, e LinkedIn.

Imagem em destaque: Seeing the invisible  (2020) por Joana Carvalho

Todas as imagens cortesia da artista.

Este artigo foi traduzido do original por software
This article was translated from the original by software

Considera, por favor fazer um donativo ao nosso site.
Ajuda-nos a não depender da publicidade para continuarmos a partilhar Arte mantendo o Artes & contextos livre.
Podes também ajudar-nos ao subscreveres a nossa Newsletter e acompanhando-nos no Facebook, no Twitter e no Instagram


O artigo original CREATORES – JOANA CARVALHO, foi publicado @ ArtTheScience
The original article CREATORES – JOANA CARVALHO, appeared first @ ArtTheScience


Talvez seja do seu interesse:  Mito E Simbolismo De Rithika Merchant

0

Como classificas este artigo?

Assinados por Artes & contextos, são artigos originais de outras publicações e autores, devidamente identificadas e (se existente) link para o artigo original.

Jaime Roriz Advogados Artes & contextos