Postais de Natal de JRR Tolkien para os Seus Filhos (entre 1920-1943) Artes & contextos tolkien father christmas letters 1933

Postais de Natal de JRR Tolkien para os Seus Filhos (entre 1920-1943)
0 (0)

23 de dezembro, 2021 0 Por Artes & contextos
  • 3Minutos de leitura
  • 591Palavras

 

JRR Tolkien

 

 

As crianças não demoram muito a suspeitar que o Pai Natal é na verdade… os seus pais. Mas se a mãe e o pai demonstrarem empenho suficiente na fantasia, as crianças acabam, por ir atrás. Isso deve ter sido ainda mais verdade para a família do mais célebre criador de fantasias do século XX, JRR Tolkien. Antes de Tolkien começar a escrever O Hobbit , e muito antes da trilogia O Senhor dos Anéis  , ele aprimorava a sua narrativa caraterística e as habilidades de construção de todo um mundo a escrever cartas ao Pai Natal.

 

Postais de Natal de JRR Tolkien para os Seus Filhos (entre 1920-1943) Artes & contextos tolkien 1

JRR Tolkien – Postal de Natal de 1926 para os filhos

 

O pequenito John Tolkien e o seu irmão ainda bebé Michael receberam o primeiro em 1920, logo a seguir ao seu pai, veterano da Grande Guerra, ter sido desmobilizado do exército e se ter tornado o professor mais jovem da Universidade de Leeds.

A seguir, passaria a chegar um todos os Natais até 1943, mais dois filhos e muito do trabalho de uma vida depois.

 

Postais de Natal de JRR Tolkien para os Seus Filhos (entre 1920-1943) Artes & contextos tolkien 2

JRR Tolkien – Postal de Natal de 1932 para os filhos

 

Todos os anos, o Pai Natal de Tolkien tinha muito a relatar a John, Michael e, mais tarde, a Christopher e Priscilla. Além do trabalho habitual de reunir e entregar os presentes, Tolkien teve de enfrentar uma série de outros desafios, incluindo, mas não se limitando a, ataques de goblins saqueadores e a destruição acidental da lua.

O elenco de personagens também inclui um assistente urso polar não confiável e os seus filhotes Paksu e Valkotukka, cujos nomes sugerem o interesse de Tolkien pela linguagem e pelos mitos. Desde a publicação das Cartas do Pai Natal  reunidas alguns anos após a morte de Tolkien, os entusiastas identificaram muitos traços das qualidades que emergiriam mais tarde, totalmente desenvolvidas, nos seus romances. O espírito de aventura está lá, é claro, mas o humor também.

 

JRR Tolkien - Postal de Natal de 1932 para os filhos

JRR Tolkien – Postal de Natal de 1932 para os filhos

 

Entendendo aparentemente desde o início como despertar a imaginação de um jovem leitor, o multitalentoso Tolkien acompanhou cada carta ao Pai Natal com uma ilustração. Coloridas e evocativas, essas obras de arte retratam as cenas de acidentes e folia descritos na correspondência (ela própria carimbada com um selo projetado por Tolkien do Pólo Norte).

Com que intensidade os jovens John, Michael, Christopher e Priscilla terão antecipado essas missivas nas semanas – até meses – que antecederam o Natal. E como deve ter sido surpreendente, após reflexão muito posterior, perceber a atenção que o seu pai dedicara a este projeto familiar.

A infância dos pequenos Tolkien teve certamente as suas desvantagens, como a relação com qualquer escritor famoso tem, mas festividades memoráveis ​​não podem ter sido uma delas.

Este artigo foi traduzido do original em inglês por Redação Artes & contextos

Ajuda-nos a manter o Artes & contextos gratuito, livre e sem publicidade pelo meio dos artigos


O artigo original: J.R.R. Tolkien Sent Illustrated Letters from Father Christmas to His Kids Every Year (1920-1943) , foi publicado @Open Culture
The original post: J.R.R. Tolkien Sent Illustrated Letters from Father Christmas to His Kids Every Year (1920-1943) , appeared first @Open Culture


Talvez seja do seu interesse: A História de “Fairytale of New York” dos The Pogues

0

Como classificas este artigo?

Assinados por Artes & contextos, são artigos originais de outras publicações e autores, devidamente identificadas e (se existente) link para o artigo original.

Jaime Roriz Advogados Artes & contextos