Alexander Weygers o Génio misterioso que patenteou o OVNI Artes & contextos conheca o genio misterioso que patenteou o ovni

Alexander Weygers o Génio misterioso que patenteou o OVNI

16 de dezembro, 2021 0 Por Artes & contextos

Alexander Weygers

 

Os inventores americanos nunca conheceram um fenómeno – natural, feito pelo homem, ou não – que não tentassem patentear. De tecnologias impossíveis a possíveis provas de alienígenas devisita ao planeta Terra, vale tudo, desde que se possa vender a ideia. Após avistamentos altamente publicitados de OVNIs no Estado de Washington e Roswell, Novo México, por exemplo, as patentes de discos voadores começaram a entrar nos escritórios do governo. “Assim que houve uma ‘faísca’ popular,” escreve Ernie Smith no Atlas Obscura, “o disco estava em todo o lado”. Ele recebeu a sua própria classificação no Escritório de Patentes dos EUA, com o código de indexação B64C 39/001, para “veículos voadores caracterizados por suspensão sem elevador aerodinâmico, muitas vezes discos voadores com a forma de OVNI”

 

 

A Google Patents tem catalogadas “cerca de 192 itens sob esta mesma classificação”, com aumento das solicitações entre 1953-56, 1965-71, e um “aumento invulgarmente dramático… entre 2001 e 2004”. Pensem disso o que quiserem.

A história do OVNI fica tanto mais estranha e mundana quando percebemos que Alexander Weygers, a primeira pessoa a registar uma patente para tal veículo voador, inventou-o décadas antes da OVNImania  e patenteou-o em 1945.

Ele não foi um inventor americano, mas o filho nascido na Indonésia de uma família holandesa dedicada às plantações de açúcar. Aprendeu a ser ferreiro na quinta, recebeu formação na Holanda em engenharia mecânica e arquitetura naval, e aperfeiçoou os seus dotes mecânicos enquanto fazia longas viagens marítimas sozinho.

 

Alexander Weygers

O Discopter de Alexander Weygers, Patente B64C 39/001 do U.S. Patent Office

 

Em 1926, Weygers e a sua esposa Jacoba Hutter mudaram-se para Seattle, Ashlee Vance escreve na Bloomberg Businessweek, “onde ele seguiu uma carreira como engenheiro naval e arquiteto de navios e começou a pintar desenhos do Discopter” – o veículo tipo dico voador  que ele patentearia depois de trabalhar por muitos anos como pintor e escultor, lamentando a morte da sua esposa, que morreu no parto em 1928. Quando Weygers estava pronto para ressuscitar o Discopter, o seu tempo já estava pronto, ao que parece, para uma onda de evolução tecnológica convergente – ou um roubo tecnológico. Talvez, como Weygers afirmou, os OVNIs fossem realmente aviões de teste do Exército: pilotos de teste voando algo baseado no desenho do inventor – que não era um OVNI, mas uma tentativa de um helicóptero melhorado.

 

Alexander Weygers o Génio misterioso que patenteou o OVNI Artes & contextos discopter 1

Esquema do Discopter de Alexander Weygers

 

Vistas de objectos estranhos no céu não começaram em 1947. “Contos de misteriosos objetos voadores datam dos tempos medievais”, escreve Vance “e outros inventores e artistas tinham produzido imagens de artesanato em forma de disco”. Henri Coanda, um inventor romeno, até construiu um disco voador na década de 1930 que se assemelhava ao que hoje imainamis como a nave clássica do espaço. Os historiadores suspeitam que os desenhos de Coanda e Weygers, flutuando na esfera pública, combinados com o interesse do pós-guerra na tecnologia de ficção científica ajudaram a criar uma atmosfera que deu origem a um súbito influxo de avistamentos de OVNIs”. Nos anos 50, a NASA e a Marinha dos EUA até começaram a testar veículos de descolagem vertical que se pareciam suspeitamente com o patenteado Discopter.

 

Alexander Weygers o Génio misterioso que patenteou o OVNI Artes & contextos discopter 3

Terminal Central do Dsicopter de Alexander Weygers

 

Weygers ficou lívido e “convencido que os seus desenhos tinham sido roubados.” A imprensa até agarrou na história. Em 1950 a San Francisco Chronicle  publicou um artigo com o título “O Disco Voador Patenteado há cinco anos pelo artista do Vale do Carmelo: ‘Discopter’ pode ser o que as pessoas têm visto ultimamente.” Embora Weygers nunca tenha construído um Discopter em si, o artigo prossegue e observa que “a invenção tornou-se o protótipo de todos os aviões de descolagem vertical em forma de disco desde que construídos pelas forças armadas americanas e pela indústria privada, tanto aqui como no estrangeiro” É impossível dizer quantos desses veículos foram construídos e valeram realmente valem a pena por a voar.

Smith pesquisa muitas das patentes de discos voadores registadas nos últimos 75 anos, tanto por indivíduos como por grandes empresas. Nesta última categoria, temos empresas como a Airbus e startups criadas pelo co-fundador do Google, Larry Page, que trabalham atualmente em projetos semelhantes a discos voadores. A história desses veículos pode não fornecer provas suficientes para refutar avistamentos de OVNIs, mas pode um dia levar à tecnologia para carros voadores onde pensávamos que a era espacial já poderia ter chegado. Por isso temos de agradecer, embora ele possa nunca receber o crédito, ao artista e inventor da Renascença moderna Alexander Weygers.

Este artigo foi traduzido do original em inglês por Redação Artes & contextos


O artigo original Meet the Mysterious Genius Who Patented the UFO   foi publicado @ Open Culture
The original article Meet the Mysterious Genius Who Patented the UFO  appeared first @ Open Culture


Talvez seja do seu interesse:  Como reconhecer uma Distopia

0

Assinados por Artes & contextos, são artigos originais de outras publicações e autores, devidamente identificadas e (se existente) link para o artigo original.

Jaime Roriz Advogados Artes & contextos