Tasha Lewis

Tasha Lewis – Escultura Têxtil

11 de fevereiro, 2020 0 Por Artes & contextos
Modo Noturno

Tasha Lewis – Escultura Têxtil

Oh minha deusa… sonhadora, coberta de missangas, aquática, deusa grega de azul! Esta é apenas uma pequena parte do trabalho de escultura têxtil da artista americana Tasha Lewis. Sim, alguns dos seus trabalhos mais recentes estão actualmente em exibição no Centennial Park Conservancy {Parthenon Gallery} numa exposição com o título Flood Lines.

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis

Tasha Lewis - Escultura Têxtil Artes & contextos Tasha Lewis 9 scaled 1

Tasha Lewis

Eis algumas palavras, e uma citação da Tasha, sobre esta exposição, feita no site da galeria:

Estudante de arte e literatura, a escultora Tasha Lewis toma emprestados de artefactos antigos para evocar narrativas contemporâneas sobre a mulher. Em ‘Flood Lines’ ela atualiza formas clássicas, como vasos e figuras com contas bordadas à mão, arame e tecido tingido manualmente. Mais de 35 esculturas de artesanato requintado foram cuidadosamente organizadas no interior da galeria para criar um espaço imersivo que é tanto formal quanto orgânico. Aqui cabeças, pernas e torsos humanos em tamanho real percorrem o seu caminho entre os vasos Alabastron e Lekythos para criar o que Lewis chama de “casa de banho minimalista”…

Flood Lines coincide com o 100º aniversário da 19ª Emenda Constitucional dos EUA, que concedeu às mulheres o direito de voto. Como os sufragistas do Tennessee foram fundamentais para a ratificação desta lei, Lewis vê Flood Lines como uma homenagem a estas mulheres.

” As minhas imagens encarnam uma independência não muito diferente da dos sufragistas do Tennessee de há 100 anos, que lutaram pelo direito de voto das mulheres norte americanas. A sua coragem ajudou a tornar a democracia acessível a todos os cidadãos. O meu trabalho emprega costura, bordados, bijuteria e artesanato entre as tarefas domésticas que as mulheres anti-sufragistas temiam a possibilidade de virem a ser abandonadas se todas passassem a votar. Como a Grécia antiga é o berço da democracia, as formas gregas nas minhas peças evocam uma ligação entre o antigo e o moderno, celebrando e reinventando, espera-se, o clássico”.

 

O artigo original Tasha Lewis foi publicado @ The Jealous Curator
The original article Tasha Lewis appeared first @ The Jealous Curator

Este artigo foi traduzido do original em inglês por Redação Artes & contextos

Talvez seja do seu interesse: Sara Biassu: la representación de lo intangible

Artes & contextos
Últimos artigos de Artes & contextos (exibir todos)
Open Call Artes & contextos