Emeli Theander

Emeli Theander – Atravessando o espelho

4 de fevereiro, 2020 0 Por Artes & contextos
Modo Noturno

Emeli Theander

 

Tu que observas,
nas paredes da galeria,
os pés secos nos ténis;
inclinados sobre esses espelhos de água…
Uma porta abre-se para o jardim secreto da artista Emeli Theander.
Uma janela na sua selva. Na tela, a artista imaginou a sua própria floresta. Este lugar de deambulação, solidão e loucura também. Fora das terras conhecidas, das cidades, das estradas, das fronteiras, é uma entrada, um desvio num país imaginário ou mesmo num país das maravilhas. Uma selva fantasmagórica, ao sair do táxi, atrás da porta, sem tapete, um pântano, uma floresta vermelha numa névoa branca.

Bathers, Emeli Theander, huile sur toile, 30x40cm, 2018

Bathers, Emeli Theander, óleo sobre tela, 30x40cm, 2018

Henri Rousseau pintou na sua época, os seus sonhos e a sua própria selva. Emeli usou as mesmas sementes. Sob o seu pincel, ela recorda as horas de psicanálise, a sua introspecção e as muitas viagens ao subconsciente.

Ela desenha as suas paisagens carregando memórias, infância, medos tomando forma em flores misteriosas, plantas e criaturas que proliferam neste pântano congelado. Diga-se que as suas fronteiras com a doença, a morte e ao mesmo tempo o nascimento do seu primeiro filho, levaram o seu trabalho a criar raízes em “profundezas escuras” para florescer em “flores claras” (como diz a artista).

Beasts, Emeli Theander, huile sur toile, 160x180cm, 2019

Beasts, Emeli Theander, óleo sobre tela, 160x180cm, 2019

Atrás das árvores, sob as águas desta floresta camuflada, há mulheres.

Serão mulheres ou meninas? Estas mulheres vivem nestes jardins ou são suas prisioneiras?
Há flores que morrem e outras que renascem.
Lembras-te de Ophelia? Aquela beleza shakespeariana que se afogou no rio entre alecrim e amores-perfeitos. Ela volta à vida aqui, pelo pincel da artista. Uma Ofélia tão pura, numa floresta tão selvagem.

As histórias nas suas pinturas são quase mitológicas, mas aqui não há deuses, faunos ou sátiros. Aqui estás tu numa terra de ninfas nuas que desempenham rituais estranhos. Escondidas atrás da folhagem destas terríveis Bermudas, elas organizam-se em Sabbath noturnos e metamorfoseiam-se. Às vezes mulheres ou animais, vestem-se com outras peles e escondem-se atrás de outras máscaras. Eles são os amigos dos jaguares, acariciam os lobos, comunicam com os mortos e definham em lagoas preciosas.

Crossing paths, Emeli Theander, huile sur toile 170x140cm, 2019

Crossing paths, Emeli Theander, óleo sobre tela, 170x140cm, 2019

 

Tu que observas,
estes banhos milagrosos intrigam-te?
Aproxima o nariz da janela,
mas mantém os pés secos nos ténis…
Porque por aqui, não sabemos que bichos te podem morder. Abre os olhos, à tua volta, plantas carnívoras devoram tarântulas. Estes jardins suspensos são povoados por estranhas criaturas, macacos azuis, cobras amarelas, águias brancas e crocodilos malvados. Todos escondidos atrás das folhas verdes das árvores negras. Eles olham para ti, esperam-te.
Abre os olhos.
Em todo o lado és examinado, cheirado, ouvido.
Quem sois vós?
Toma cuidado se a madeira fender sob os teus pés.
Os seus olhos animais são os guardiões do templo das Amazonas translúcidas.
Inclina-te sobre o espelho de água,
Este país camuflado é por vezes atravessado por linhas retas, como um conjunto de espelhos para atravessar, uma atração de feira de como quando eras pequeno, para entrar, abrir as janelas, não encontrar a saída, enlouquecer .
Nestas janelas, reflexos de quimeras ou devaneios?
Tu que observas,
atravessa o espelho…

Cry Baby III, Emeli Theander, huile sur toile, 24x18cm, 2019

Cry Baby III, Emeli Theander, óleo sobre tela, 24x18cm, 2019

dog without reflection. Emeli Theander, huile sur toile, 200x140cm, 2019

Dog without reflection, Emeli Theander, óleo sobre tela, 200x140cm, 2019

Flying South, Emeli Theander, huile sur toile, 80x100cm, 2019

Flying South, Emeli Theander, óleo sobre tela, 80x100cm, 2019

Hide and seek, Emeli Theander, huile sur toile, 170x120cm, 2019

Hide and seek, Emeli Theander, óleo sobre tela, 170x120cm, 2019

I'll be your body when your body is broken. Emeli Theander, huile sur toile 180x200cm, 2016-2019.jpg

I’ll be your body when your body is broken, Emeli Theander, óleo sobre tela, 180x200cm, 2016-2019

In a wilderness of heartbreak, Emeli Theander, huile sur toile, 150x170cm, 2019

In a wilderness of heartbreak, Emeli Theander, óleo sobre tela, 150x170cm, 2019

In Rousseau's Garden, Emeli Theander, huile sur toile, 30x24, 2018

In Rousseau’s Garden, Emeli Theander, óleo sobre tela, 30×24, 2018

Longing for utopia, Emeli Theander, huile sur toile, 170x150cm, 2018

Longing for utopia, Emeli Theander, óleo sobre tela, 170x150cm, 2018

Sweet distress, Emeli Theander, huile sur toile, 160x140cm, 2019

Sweet distress, Emeli Theander, óleo sobre tela, 160x140cm, 2019

The Fountain, Emeli Theander, huile sur toile, 40x50cm, 2019

The Fountain, Emeli Theander, óleo sobre tela, 40x50cm, 2019

Na selva tropical de Emeli Theander, há uma atmosfera infantil, de transgressão, de medo também… Num deserto de desgosto, (Dans un désert de chagrin), é o título de um dos seus trabalhos. Alors délassez vos chaussures et laissez vos pieds pénétrer la boue d’argent de ce poumon florissant.

Relaxa os sapatos e deixa os pés penetrarem na lama prateada deste pulmão próspero. Vai, dança nos oásis das tuas lágrimas. Volta aos teus instintos mais puros. Vive com os monstros que te aterrorizam. Troca as tuas roupas e ouve os rosnados da tua selvajaria interior.

 

O artigo original Emeli Theander La traversée du miroir foi publicado @ BOUMBANG
The original article Emeli Theander La traversée du miroir appeared first @ BOUMBANG

Este artigo foi traduzido do original em francês por Redação Artes & contextos

Talvez seja do seu interessse Solitary Worlds Explored in New Psychological Drawings by Stefan Zsaitsits


Artes & contextos
Últimos artigos de Artes & contextos (exibir todos)
Open Call Artes & contextos