A&c é tão bom estar em casa - Cultura em tempos de Recolhimento

Cultura em casa #6

1 de janeiro, 2020 0 Por Laura Carvalho Torres

Cultura em casa

 

#EuFicoEmCasa não pode ser apenas mais uma hashtag

 

Nunca é de mais repetir:

A cultura é um fator agregador, comunitário, espiritual, e age como tal, mesmo em tempos de crise, como a atual em que, para nos pouparmos e pouparmos os outros, nos vemos, agora alertados para um  “Dever Cívico de Recolhimento”.

Porque pode estar quase – continua a depender de todos nós – mas é preciso não baixarmos a guarda.
Lamentamos pelos infetados e desejamos com toda a força a sua recuperação, lamentamos profundamente pelas famílias e amigos dos que não venceram, mas temos que continuar.

Em casa!

Mas isso não tem que ser mau, pois não? Afinal, estamos nas nossas casas, no nosso ambiente.


Passados tantos dias em confinamento, e, agora, em recolhimento, e a cultura nunca deixou de nos fazer companhia. É bom saber que estamos, e vamos continuar, acompanhados de arte e de lazer. Na semana passada foi difundido o 3º episódio do nosso Podcast Artes & contextos sobre a história do Teatro D. Maria II. Este nosso projeto vai, por opção editorial, passar a a ser mais curto, não obstante, não deixaremos de vos prendar com conversas sobre os temas mais variados!

Ora, as minhas sugestões esta semana passam, novamente, pela habituée  Quarentena Cinéfila da Medeia Filmes, que tem vindo a proporcionar maravilhosas experiências cinematográficas desde o início desta quarentena. O cartaz da semana:

  • HÁ FESTA NA ALDEIA (1949), de Jacques Tati
    Disponível a partir das 12h de sábado, 9 de maio, até às 12h de terça-feira, 12 de maioCom: Jacques Tati, Guy Descombe, Paul Frankeur, Santa Relli, Maine ValléeNuma pequena aldeia do centro de França é dia de festa: os feirantes chegam à praça com as suas rulotes, carroças, carros, cestas, carrosséis, lotarias, fanfarras. Instala-se um cinema ambulante. É ocasião para os aldeões descobrirem um documentário sobre as proezas dos correios na América. Ridicularizado por toda a aldeia, François, o carteiro, decide aprender a executar o seu trabalho “à americana”.Festival de Veneza:
    – Selecção Oficial, em Competição
    – Prémio Internacional para Melhor Argumento

 

  • MELANCOLIA (2012), de Lars Von Trier
    Disponível a partir das 12h de terça-feira, 12 de maio, até às 12h de quinta-feira, 14 de maioCom:  Kirsten Dunst, Charlotte Gainsbourg, Kiefer Sutherland, Charlotte Rampling, John Hurt, Alexander SkarsgårdA (difícil) relação entre duas irmãs é posta à prova ao mesmo tempo que um misterioso novo planeta ameaça colidir contra a Terra.Festival de Cannes:
    – Selecção Oficial – Prémio de Melhor Actriz para Kirsten Dunst
    – Selecção Oficial, em CompetiçãoFestival de Cinema de Toronto
    – Special PresentationsLisbon & Estoril Film Festival 2011
    – Selecção Oficial

 

  • SEGREDOS E MENTIRAS (1949), de Mike Leigh
    Disponível a partir das 12h de quinta-feira, 14 de maio, até às 12h de sábado, 16 de maioCom: Timothy Spallm, Brenda Blethyn, Phyllis Logan, Claire Rushbrook, Marianne Jean-BaptisteApós a morte da mãe adoptiva, Hortense, uma jovem negra de 27 anos, decide encontrar a sua mãe biológica. Quando finalmente se encontram, Hortense fica espantada ao descobrir que a mãe, Cynthia, é branca e tem uma filha de 20 anos. No início, Cynthia fica perturbada ao ver a filha que havia esquecido há muito tempo. Contudo, mais tarde, decide desenvolver um relacionamento profundo. Cynthia depara-se então com a tarefa de fazer a sua família aceitar o facto de ter uma filha negra…Festival de Cannes:
    – Palma de Ouro
    – Prémio do Júri Ecuménico – Mike Leigh
    – Prémio de Melhor Actriz – Brenda BlethynGlobos de Ouro:
    – Globo de Ouro para Melhor Actriz – Brenda BlethynPrémios BAFTA:
    – Prémio Alexander Korda para Melhor Filme – Simon Channing Williams e Mike Leigh
    – BAFTA para Melhor Argumento Original – Mike Leigh
    – BAFTA para Melhor Actriz – Brenda BlethynPrémios Goya
    – Prémio de Melhor Filme Europeu

 

  • MINHA MÃE (2015), de Nanni Moretti
    Disponível a partir das 12h de sábado, 16 de maio, até às 12h de terça-feira, 19 de maioCom: Margherita Buy, John Turturro, Giulia Lazzarini, Nanni MorettiMargherita é uma realizadora em plena rodagem de um filme cujo protagonista é um famoso actor americano. Às questões artísticas que enfrenta, juntam-se angústias de ordem pessoal: a sua mãe encontra-se no hospital e a sua filha em plena crise adolescente. O seu irmão, por sua vez mantém-se como uma constante na sua vida. Conseguirá Margherita estar à altura de todos os problemas familiares e artísticos que enfrenta?Festival de Cannes 2015:
    – Selecção Oficial, Em Competição
    – Prémio do Júri EcuménicoPrémios David di Donatello:
    – Prémio para Melhor Actriz – Margherita Buy
    – Prémio para Melhor Actriz Secundária – Giulia Lazzarini

 

Boas notícias para os amantes de filmes de terror: o microCURTAS está de volta! O MOTELX (reportagem on site do Artes & contextos, da edição 2019) decidiu lançar um desafio para testar a originalidade terrorífica dos seus fãs: o objetivo passa por gravar uma curta de terror com o máximo de 2 minutos, de forma amadora com o telemóvel ou o tablet, e enviar o resultado final para [email protected]. A curta irá ser transmitida na 14ª edição (8 a 13 de Setembro) do festival. É só submeter até 2 de agosto de 2020!

Para os mais audazes, e também até 2 de Agosto, é possível submeter uma curta para figurar a competição Premio MOTELX – Melhor Curta de Terror Portuguesa 2020/Méliès d’argent. O vencedor será contemplado com um prémio no valor de 5000€. Para as restantes categorias, o prazo mantém-se: 15 de junho. Mais informações em motelx.org.

 

O Teatro Nacional D. Maria II continua a disponibilizar na sua sala online todas as sextas e sábados às 21h um novo espetáculo, que depois de “estreado”, se junta ao acervo da iniciativa D. Maria II em Casa.

Neste acervo já estão disponíveis as peça:

(Não tem desculpa, basta clicar no nome da peça e entra na sala. E pode ir assim mesmo como está. Não há dress code)

 

A Salinha Online, todos os sábados e domingos às 11h, disponibiliza uma história infantil interpretada por um ator.

 

A partir de dia 18, na próxima segunda-feira, alguns organismos culturais irão reabrir. Nunca é demais recordar a importância do famoso ditado português: «cautelas e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém». Museus, galerias, teatros, cinemas, não deixaram de existir, lá permanecerão. Se puderem refrear os naturais ímpetos de procurar cultura, fora de casa, seria o ideal, por vós, e pelos outros.

 

Virando-nos agora para a música, vou recuar ao dia 23 a abril, dia em que os Rolling Stones lançaram Living In A Ghost Town. O título e o teor da música não podiam fazer mais sentido, dada a situação de confinamento e recolhimento pela qual estamos a passar. Os acordes não deixam enganar: estamos a ouvir Rolling Stones, com a jovialidade de sempre.

Chromatica será o novo álbum de Lady Gaga a ser lançado a 29 de maio, e vai contar com as colaborações de Ariana Grande, BLACKPINK, Elton John, Justin Tranter, BloodPop, Mark Ronson, SOPHIE e Boys Noize. Estaremos a aguardar ansiosamente, prontos para dar a nossa review.

Ainda em maio, os únicos The 1975, irão lançar Notes on a Conditional Form, o seu 4º álbum de estúdio. A maior parte das canções integrantes já foi lançada, agora temos de esperar para ouvir a composição final. É um álbum para o qual tenho bastantes expectativas, e será com certeza surpreendente!

 

Na programação televisiva, destaco:

Na RT1

  • dia 10 – Atomic Blonde – Agente Especial, às 00:00h;
  • dia 13 – Fargo às 00:28h;
  • dia 14 – O Homem da Maratona; às 00:45h;
  • dia 16 – ABBA Forver: The Winner Takes It All, às 23:30h.

Na RTP2

  • dia 10 – Caravaggio, o belíssimo bailado;
  • dia 14 – Portugu Esses, pelas 23:15h, uma produção, que, segundo a sinopse: “Série documental que pretende observar quem somos e o modo como nos relacionamos abordando onde e como nascem os conflitos”;
  • dia 15 – Laranja Mecânica pelas 23:15h, uma das joias do cinema:
  • dia 16 – Alma, a peça de Tiago Correia às 23:15h.

 

Até para a semana!

 

Laura Carvalho Torres
Segue-me
Últimos artigos de Laura Carvalho Torres (exibir todos)

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Open Call Artes & contextos